Marcha rápida (alternativa para a corrida)

Nem cada um de nós pode ou gosta de correr. As causas podem ser várias, mas as principais são:

  1. A nossa resistência pode ser demasiado fraca, para podermos correr 2 minutos sem um intervalo.
  2. O nosso peso pode associar a corrida a um risco elevado de lesão das nossas articulaçõęs.
  3. As nossas lesões e contusões prévias impossibilitam um carga dinâmica das pernas.

Nestas circunstâncias vale a pena considerar uma marcha rápida como uma alternativa ou introdução para a corrida. A marcha também pode ser um exercívio aeróbico e ter as mesmas características que a corrida.

Como é que isto funciona

A marcha rápida não é muito mais do que uma andar normal, mas rápido. Durante este tipo de exercício colocas o pé começando pelo calcanhar deslocando o peso do corpo através das pernas endireitadas nos joelhos. A qualquer altura pelo menos uma das pernas encontra-se no chão (não saltas para cima como durante a corrida, mas apenas moves-te para a frente).

Esta técnica permite evitar a sobrecarregação das articulações, deste forma permite evitar lesões, que podem acontecer durante a corrida.

Um excelente início dos treinos aeróbicos

Se a corrida for demasiado pesada para ti, a marcha rápida será um início perfeito. Começa pela marcha e quando desenvolveres a tua resistência e perderes peso (a marcha rápida é optima para perder peso), poderás começar a corrida.

A marcha rápida também é uma forma agradável de passar o tempo. Se a tua resitência permiti-lo podes fazer grandes distâncias. Podes marchar durante 60 ou até 120 minutos, o que no caso de corrida, seria já muito cansativo para as articulações.

Para iniciar os treinos de marcha de forma eficaz, podes utilizar o nosso treino „40 minutos de corrida ", mas marcha em vez de correr.

ADVERTISEMENT